sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Brasil 73 e outras músicas

Em 1973 a música popular brasileira passava no rádio com força de moda. Em Abril desse ano publicou-se o disco dos Secos & Molhados, com o mesmo nome e as músicas do lp passavam no rádio com frequência, destacando-se Rosa de Hiroshima e Patrão nosso de cada dia.


Imagens do Cinéfilo de 7.4.74

A par desse grupo, cujo componente João Ricardo era português de Ponte de Lima, o rádio passava então uma canção fenomenal pelo ritmo compassado de viola acústica e variação simples em contraponto de instrumento de sopro, com uma voz que fazia acompanhar a história contada: Ouro de Tolo, de Raul Seixas.

 Em matéria de audições de música estrangeira,  no rádio, o tema da altura era dos Chicago, com Feeling Stronger everyday, do lp VI e que meses mais tarde se complementaria com o VII. O poster do VI, na imagem, em fundo, tinha saído no jornal  Novo Musicalíssimo de 9.Novembro 1973 ( dirigido por Vítor Direito e com redacção de Bernardo de Brito e Cunha) e reproduz o interior da capa do LP.
Mais que os temas dos Procol Harum, de Grande Hotel, ou de Elton John, de Goodbye yellow brick road. Ou então do single dos Led Zeppelin, Over the hills and far away. 1973, musicalmente foi um ano de transição no gosto sobre a música rock. Um ano de descoberta a que se seguiu o de 1974, verdadeiramente de fascínio.


Porém, um dos temas que mais me ficou no ouvido nessa época nem sequer  o identificara. Só muitos anos mais tarde, ao ouvir o LP Holland dos Beach Boys me dei conta de que se tratava de California Saga.


Sem comentários: