terça-feira, 1 de janeiro de 2008

A ilustração em caricatura

A par da música, a ilustração gráfica, é uma das maravilhas artísticas que nunca me cansam de ver, rever e guardar.

No início dos anos setenta, a ilustração em forma de caricatura, foi tomando lugar no interesse e em 1973, uma revista brasileira, Realidade, publicava um artigo com algumas reproduções de caricaturas realizadas por três artistas franceses, então a despertar para o mundo das publicações.
Jean-Claude Morchoisne, Patrice Ricord e Jean Mulatier, ao longo destes anos, repetiram capas de revistas de todo o mundo e o respectivo portfolio, deixava-se já adivinhar nesse ano distante, do começo da década que me marcou.


























Estas duas caricaturas de Jean-Claude Morchoisne, da diva Brigitte Bardot, estão separadas por mais de vinte anos ( uma, a da esquerda, é de 1996; a da direita, do início dos anos setenta). A melhor? Sem qualquer dúvida, a da direita...





















A caricatura de Hitler, a que Moschoisne se refere no texto da Realidade, é provavelmente esta, publicada no início de 1973, na revista francesa, de banda desenhada, Pilote.

6 comentários:

zazie disse...

Esta loja e as suas preciosidades...

Um bom 2008, José.

josé disse...

Pois...e descobri uma série de Animaleries, de Jean Solé, publicadas na Pilote, em modo original. Sabia que as tinha mas não me lembrava onde.

Um bom ano, também.

zazie disse...

Verdade? que maravilha. Eu perdi isso tudo em mudanças de casas.

O cartaz do Nosferatu é que é mesmo genial.

zazie disse...

Fico sempre muito atrapalhada com coisas mais privadas e nunca comento, mas aquela foto à bateria está muito engraçada. Tão girinho, com o nariz arrebitadito

":O))

josé disse...

A foto é fraca precisamente por isso. Tenho outra que vou pôr um dia destes. Este blog é uma privação...que me satisfaz o ego dos gostos pessoais e intransmissíveis.

zazie disse...

E os desenhos... mas as pimpolhas são bem parecidas com o papá; nestas fotos é que dá para ver.